Passos do Vinho

Eu não poderia deixar passar o trocadilho, mesmo que infame, até porque o título deste texto tem tudo a ver com a trajetória de Gilvan Passos no especialíssimo mundo do vinho, em que está inserido fortemente e com o qual contribui há anos, absorvendo e distribuindo saberes pelo Rio Grande do Norte e por outras plagas, no Brasil e no exterior.

Gilvan, de fato, é um grande connoisseur, um expert. Só que Gilvan sabe os limites do seu métier e não se arvora em exibicionismos ou artificiais poses do enochatismo de moda, tão difundido por todos os lados. Isso não é pra ele. Aliás, é conhecido por sua generosidade e elegância de trato e pelo prazer que demonstra ao compartilhar seus conhecimentos e renovar sempre o brinde amigo e desinteressado. Sua formação nesse meio é vasta e prefiro sintetizá-la no diploma (com mérito), em nível "International Higher", da Wine & Spirit Education Trust, respeitada entidade de estudos e ensino do vinho sediada em Londres. E é fato que todos os que entendem e circulam no setor sócio-econômico do vinho no Rio Grande do Norte e em estados vizinhos não podem desconhecer a importância que Gilvan Passos possui como gabaritado consultor, divulgador, educador, fomentador, empreendedor e crítico nesse ramo que somente tem crescido. Agora também é o autor de um livro que deverá ganhar logo alcance nacional, mas que nasceu por estas bandas quentes de cá, terras potiguares, onde Gilvan tem sua sede (com duplo sentido) principal. Dessa forma, o livro pode ser chamado de precursor, assim como Gilvan tem sido um dos pioneiros.

A nova obra, intitulada "Despertar para o vinho", edição do autor (De Los Passos), tem tudo para se firmar como um dos principais manuais brasileiros para iniciantes e para aqueles que já apreciam os "caldos" e detêm alguma experiência em lidar com eles. Trata-se de um livro de fácil compreensão e didatismo saboroso, contendo capítulos bem sistematizados e eventualmente ilustrados acerca da arte de apreciar e compreender o vinho, desde as suas origens históricas, passando pela cultura da vinha, entendimentos sobre as principais castas, a elaboração do vinho e suas etapas e consequências, tipos de vinhos, avaliação sensorial, orientações sobre aquisição e guarda, tempo de vida útil, instrumentos e acessórios, até chegar aos segredos da enogastronomia e da harmonização entre pratos e vinhos e metodologia correspondente.

O livro de Gilvan Passos traz isso e muito mais. Também é acrescido, ao final, de um interessante e prático glossário, referências bibliográficas essenciais e, para os amantes do cinema, sugestões de filmes em torno do vinho (até porque quem sabe amar o vinho não descuida jamais das outras artes nobres). Digo aos meus leitores que não há no livro de Gilvan Passos uma página sequer que não possa ser saboreada como se estivéssemos sorvendo um dos grandes vinhos que ali passeiam. Passos do vinho. Passos do mosto essencial. Vale, sim, harmonizar os dias e as noites com uma obra como essa.

Outros Artigos

> leia mais

Comentários

Deixe seu comentário