OS SABORES DO PALÁCIO: o desafio do feminino no ambiente da cozinha presidencial


O filme se passa na França e gira em torno do convite que Hortense (Catherine Frot), a protagonista do filme, recebe para atuar como cozinheira pessoal do Presidente deste país. O fato inusitado é que ela é a única mulher em meio ao ambiente masculino. E seu primeiro desafio é o de convencer uma gastronomia caseira, quando a maioria preferia uma cozinha refinada. Hortense tem um papel importante dentro do enredo, uma vez que o seu perfil despretensioso rompe com a cultura vigente dos outros funcionários, que só desejavam mesmo era aproveitar os privilégios do ambiente presidencial do Eliseu francês. Nesse sentido, o ato de cozinhar da protagonista quebra a expectativa de que em espera um ambiente agitado e nervoso no preparo do cardápio para um Presidente. Ao contrário, a experiência de  Hortense é tranquila, pacífica. Ela tem tempo para cozinhar, tem os ingredientes que quer. Os pratos são degustados com prazer, por convidados invisíveis em algum cômodo ao lado. Outro ponto interessante do filme: é revelar que por trás das aparências, dos longos corredores e das frases de educação e cortesia, existem pessoas quaisquer, trabalhando em empregos rotineiros. Nas cenas que a personagem se encontra com o presidente, percebe-se que a conversa gira sobre o gosto de uma sopa caseira, demonstrando o componente humano das relações em que a natureza sóbria do poder desaparece. Nessa aparente despretensão, o filme não explica o afeto de Hortense pelos produtos locais, ou sua relação, meio amigável, com o ajudante de cozinha (Arthur Dupont). Ela mulher na cena e em cena como um enigma, já que o filme não pretende defini-la, somente interpretá-la como peça de ambiente, ineficaz e mesmo absurdo, que é a presidência de um país grande como a França. A partida de Hortense exige um olhar à parte, pois, assim, sem uma lógica aparente,  arruma suas malas e entrega a carta de demissão, de forma profissional, sem melodramas. Trata-se, portanto, de um filme que aponta olhares acuradores para traços sociológicos que estão presentes nas entrelinhas do enredo. Vale a pena assistir. 
 
SINOPSE
TÍTULO NO BRASIL: Os Sabores do Palácio
Ano de Lançamento: 2012
Gênero: Drama
País de Origem: França
DIREÇÃO: Christian Vincent
Elenco: Catherine Frot
Arthur Dupont
 

Outros Artigos

> leia mais

Comentários

Deixe seu comentário