Jantando no Du Vin Bistrô, na Suíça Pernambucana


Garanhuns, terra de Simôa Gomes, é uma acolhedora cidade do agreste meridional pernambucano, onde o clima (úmido e frio), especialmente no inverno, e a atmosfera bucólica e florida das praças, sugere o consumo de vinhos tintos de corpo, daí porque se convencionou denominá-la de Suíça pernambucana e de cidade das flores.

Em recente viagem a esta acolhedora cidade, por ocasião do lançamento do meu livro: Despertar para o vinho, realizado no dia 28 de agosto último no Du Vin Bistrô, onde jantei em companhia da proprietária: Martha Pessoa, escrevo esta matéria com o propósito de dá a deixa a todos quantos a visitam, ou mesmo lá residem e não conhecem, com os pratos e vinhos descritos abaixo.

O restaurante, que tem um ano e oito meses de funcionamento, e conta com um amplo salão retangular, reflete no próprio nome, na denominação dos pratos criados pelo Chef Thiago Freitas, e na ambientação e decoração, a paixão da proprietária pela França.

Por sugestão da Martha, iniciei minha experiência sensorial com o Crepe Filé Du Vin, elaborado com massa tradicional, gratinado com parmesão, recheado com cubos de filé Mignon, puxados no molho tinto com mostarda de Dijon, cebolas caramelizadas, creme de queijo Emmenthal e rúcula, e finalizando com redução de balsâmico. Uma entrada que casará em comunhão de bem (por compatibilidade de estrutura), com um tinto leve, à base de Pinot Noir, como o Agustinos Reserva da carta.

O prato principal escolhido foi o Du Maison, um gratinado de batata cremosa, intercalado com massa folhada crocante e caramelizada, sobreposto por tournedor de Filet Mignon e molho de vinho branco, finalizado por batatas crispy, para o qual levei o vinho: Ventisquero Reserva Cabernet Sauvignon, que estabeleceu um diálogo perfeito com o prato por semelhança de estrutura, cabendo também vinhos como o Casa de Santa Vitória Reserva ou mesmo um Malbec da carta.

O grand final veio com a sobremesa Torre Eiffel, taça recheada com castanha, nozes, avelãs, amendoins e sorvete de creme em camadas, finalizada com massa de crepe tradicional, que fora escoltada com uma taça de vinho do Porto Feist Tawny, estabelecendo um vínculo de semelhança com as oleaginosas do prato.

O Du Vin Bistrô é também o local ideal para os amantes dos crepes, dos cafés gourmet e da boa música, constituindo-se, ainda, num excelente espaço para eventos dos mais diversos. Visite e comprove você mesmo. Rua Amauri de Medeiros, 182 – Heliópolis – Garanhuns-PE, fone: (87) 3761-6408.

Outros Artigos

> leia mais

Comentários

Deixe seu comentário