Petit Gâteau: Made in Brasil?

Um item quase obrigatório no menu de restaurantes brasileiros e que agrada a todas as gerações, é um bolinho de chocolate com casca crocante e recheio cremoso, servido com uma bola de sorvete de creme. É o Petit Gâteau, comemorado como uma iguaria reconhecidamente francesa.
 
Será mesmo? Bem, só posso dizer que na França, não é exatamente dessa forma. Começando pelo nome. Assim como o nosso famoso ‘pãozinho francês’, é melhor nem tentar olhar para o garçom e gastar seu curso de
francês para pedir: “Un petit gâteau, s’il vous plaît”. Como a expressão significa somente “bolo pequeno”, você estará pedindo apenas um bolinho sem especificação. Sim, qualquer bolo.
 
Você está no meio da sua próxima viagem ao país gaulês. E agora? Como se pede um petit gâteau na França para receber a delícia pretendida?
 
Bem, depende do restaurante. Inicialmente, sugiro que você procure no cardápio por fondant, mi-cuit ou moelleux au chocolat. Certamente, esses são os nomes genéricos mais comuns, porém não me arrisco a dizer que são os únicos. Vale lembrar que, igual acontece com outras delícias francesas, as receitas variam minimamente em ingredientes e preparação, todavia o resultado é bem parecido com o nosso bom e conhecido “petit gâteau brasileiro”.
 
Ninguém sabe ao certo porque, mas a iguaria só recebe esse nome após cruzar o Oceano Atlântico e aportar no continente americano. Conta-se que o nome surgiu em Nova Iorque na década de 1990. Na verdade, alguns confundem e também relatam que teria sido criada em Nova Iorque, devido a um erro do chef Jean-Georges Vongerichten, um francês que cresceu nos Estados Unidos: em uma versão do boato, ele teria usado muita farinha, e o bolinho ficou mais firme por fora; em outra, teria tirado o bolo muito cedo do forno, antes da parte central endurecer. Os franceses, claro, já desmentiram a lenda e afirmam categoricamente que a sobremesa já existia na França. No entanto, criada a polêmica, pelo menos meia dúzia de chefs passaram a reivindicar a autoria com suas receitas, cada uma com um nome diferente, já que, como já comentado, petit gateau é um nome francês mas não utilizado na França.
 
Resumindo: na França, a sobremesa tem nomes e preparações variadas; nos Estados Unidos, restringe-se aos cardápios dos restaurantes franceses... e, no Brasil, é super popular, se fazendo presentes em delicatessens, restaurantes, food-trucks e até em feirinhas populares. Pensando bem, se me perguntarem novamente, creio que tenho uma boa resposta: petit gâteau, com esse nome mesmo, é uma sobremesa cada vez mais brasileira!
 
 

Outros Artigos

> leia mais

Comentários

Deixe seu comentário