Tradicional ou Especial

Você já deve ter ouvido falar que café é tudo igual, não é mesmo?! Devo discordar dessa premissa! Cafés são bem diferentes uns dos outros e cheios de personalidade. Alguns são naturalmente mais cítricos, outros mais doces, sem contar na qualidade da seleção dos grãos, no processamento deles no pós-colheita, etc. Cada pequeno fator na cadeia irá influenciar no sabor final da bebida. E foi pensando nessas diferenças que foram criados os sistemas de classificação de qualidade do café em que há os extremos: café  tradicional e café especial.
 
Sabe aquele café de supermercado que costumávamos tomar na nossa casa? Este é o famoso café tradicional, forte e bem amargo. Ficou conhecido como tradicional, pois é o tipo de café mais consumido no Brasil. Para você ter uma ideia, esse café chega a ter até 360 defeitos, em uma amostra de 300g, entre grãos verdes, podres, ardidos, fermentados, quebrados, galhos, folhas entre outras coisas. Para amenizar tais faltas, o café é super torrado, para esconder os piores sabores e aromas, resultando em uma bebida extremamente amarga. Fazendo uma analogia grosseira, é como se fôssemos fazer um suco de laranja, com laranja verde, madura e algumas podres. Com essa mistura, o suco não ficaria bom. Para amenizar, o bom seria colocar bastante açúcar para compensar o gosto ruim.
 
Os cafés especiais, por sua vez, possuem pouco ou nenhum defeito. Trata-se de cafés somente da espécie arábica, com as suas diversas variedades. Do ponto de vista sensorial, são aqueles que apresentam atributos de sabor e aroma excepcionais, muito aromáticas, sem amargor e com notas e sabores, que podem remeter a outras frutas e perfumes. Apresenta, ainda, uma citricidade mais acentuada, em virtude do café quando ainda fruto, ser de um tipo cítrico. Esse tipo de café exige muitos cuidados, desde a preparação da terra, plantio, colheita manual e selecionada, secagem até a torra de pequenos lotes de cada vez. Sendo cada passo da cadeia produtiva minuciosamente observado, para que seja da melhor forma possível e, assim, trazer uma bebida na xícara com todo cuidado que ela merece. Esse seria como um suco de laranja feito apenas com as mais maduras e doces, perfeito para adoçar seu dia.
 
O café é uma bebida de tradição aqui no Brasil, seja no café da manhã, lanche, ou após o almoço, sempre traz algo bom, conversas prazerosas e uma boa dose de energia para o dia ficar ainda melhor, mas na hora de escolher o seu, fuja do tradicional, escolha grãos especiais e mergulhe em uma infinidade de sabores que eles podem te proporcionar.
 

Outros Artigos

> leia mais

Comentários

Deixe seu comentário