Festival Saberes e Sabores de Araxá mostra o melhor da gastronomia e cultura mineira

Fotos: Fernando Piancastelli / Divulgação
O festival "Saberes e Sabores de Araxá" foi realizado nos dias 14, 15 e 16 de setembro e é um misto de gastronomia, cultura e música. O local escolhido não poderia ser melhor: o lago Norte do Barreiro, estância hidromineral famosa pelas suas águas sulfurosas, radioativas e mineirais no Complexo Balneário e Grande Hotel de Araxá, inaugurado em 1944, com os seus mais de 700 apartamentos e a famosa suíte presidencial, a preferida do saudoso presidente da República, Juscelino Kubistchek de Oliveira.
 
Araxá recebeu chefs, escritores e músicos durante três dias
 
Duas grandes tendas abrigavam as atrações culturais e uma grande variedade de comidas regionais, onde o público se deliciou com a rica culinária das Gerais. Vinhos e cervejas artesanais mineiras estavam a bordo de um "beer-truck", instalado em uma perua Kombi e um "wine-truck", em uma perua Rural Willys, com vinhos e champagnes selecionados.
 
 
A primeira tenda abrigou exposições artísticas, estandes com venda de produtos regionais, livraria e sessão de autógrafos. Doze stands instalados na segunda tenda, que possuía um palco central e as mesas para o público, constituíam a praça da alimentação para centenas de pessoas.
 
 
Doces típicos, hambúrgueres gourmet, cup-cakes, brigadeiros, queijos e tantas outras delícias, fizeram a festa dos mais diferentes e exigentes paladares. A queijenharia também foi uma atração à parte. Trata-se de uma curadoria artesanal de queijos que surgiu em Belo Horizonte, quando um engenheiro, em busca do queijo perfeito, criou a Queigenharia, "queijos curados, nos sabores de ervas finas, azeite, café, cardamomo, chimichuri, mostarda preta, páprica picante, pimenta caiena e semente de mostarda ao malte, que harmonizam com cachaça, vinho e cerveja", explica o seu criador, o engenheiro Fernando Guimarães Rodrigues, araxaense radicado na capital mineira.
 
A rica culinária mineira foi apresentada no festival
 
Apresentando pratos regionais, o grupo gourmet "Clube da Cozinha de Araxá" marcou presença no festival com o mais tradicional da culinária mineira. "O Clube existe há 22 anos e é formado por vinte e cinco integrantes, entre médicos, dentistas, advogados, engenheiros e empresários. O grupo tem o propósito de aproveitar, reescrever e reforçar as tradições gastronômicas da cidade com pratos tradicionais, como a paella mineira, frango caipira e o porco na banha”, afirma o integrante do grupo Jonathan Ferreira. Jonathan também ressalta a importância do evento, "o Festival é muito importante para Araxá porque dá a oportunidade de atendermos um público bastante abrangente que vem do Brasil inteiro curtir a culinária mineira", conclui.
 
 
Iniciando a programação na noite de sexta-feira (14), a Bêjazz Street Band abriu a festa com seu cortejo musical com muita diversão e animação. Dando continuidade, a banda Choro de Vinnis embalou a tarde araxaense com o melhor da música tradicional mineira. Outra atração que conquistou e encantou o público do Festival, foi a Araxá Dance Company, que teve grande destaque na abertura das Paralimpíadas Rio 2016, a iniciativa foi criada em 2009 e é um grupo inclusivo que tem no seu elenco pessoas com e sem deficiência.
 
 
A Cia Valentina de Teatro também marcou presença, enquanto o evento acontecia, um grupo de ‘chefs loucos’ e suas belas garçonetes invadiam o espaço com uma intenção: tirar os convidados do lugar comum. Em busca de sabores, receitas e novos Chefs para seu bando, os Crazy Gourmets animavam e divertiam as suas 'vítimas'.
 
 
O produtor e idealizador do evento, Armando de Angelis, destacou que o Festival é uma versão do Festival Internacional de Araxá. “A nova versão é baseada no livro Saberes e Sabores de Araxá, que destaca a culinária araxaense a partir da história da cidade. A diferença entre os festivais é que um trabalha a experiência internacional e o outro desperta o que a cidade já tem para o mundo”, completa Armando.
 
O casal de Uberlândia, Fúlvia Arantes e Henrique Medeiros, elogiou o festival. "Adorei o evento! A comida é boa, tem lugar para as crianças brincarem e os shows são bons e ecléticos", afirma Fúlvia. "Quando se fala em Araxá, lembramos da cultura mineira com uma alimentação diferenciada, e aqui estamos, conhecendo as novidades dos cup-cakes, carnes e cerveja artesanal. Para nós são realmente sabores diferentes que estamos conhecendo e experimentando em Araxá", reflete.
 
 
Após três dias de programação, com diversas atividades nas áreas das artes visuais, cênicas literárias, musicais e culinárias, o Festival Saberes e Sabores de Araxá encerrou suas atividades na noite do domingo (16).
 
Site: http://www.saberesesaboresdearaxa.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/saberesesaboresdearaxa
Instagram: @saberesesaboresdearaxa

Comentários

Deixe seu comentário

voltar <