A SAV viaja ao Vale dos Vinhedos

Fotos: Benício Siqueira / Deguste
Grupo de enófilos potiguares passaram quatro dias conhecendo algumas das melhores vinícolas do Brasil
 
Depois de viajar para países como Argentina, Portugal, Chile e Uruguai, a confraria Sociedade dos Amantes do Vinho - SAV - fez, no mês de setembro, uma incursão à principal região vinícola brasileira, o Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul.
 
Durante quatro dias, o grupo hospedou-se no hotel da Casa Valduga, em Bento Gonçalves, e de lá saía, diariamente, para conhecer as vinícolas já contatadas e agendadas previamente pelo consultor e coordenador da SAV, Gilvan Passos.
 
Confira abaixo as primeiras vinícolas que a SAV visitou: Casa Valduga e Almaúnica.
 
Casa Valduga
 
A degustação do Storia contemplou as safras de 2006, 2008, 2010 e 2011
 
A Casa Valduga, uma das vinícolas mais importantes do Brasil, fundada em 1875, recepcionou a SAV com uma maravilhosa degustação vertical do Storia, vinho ícone da casa e um dos mais premiados do país, elaborado com a uva merlot apenas em safras consideradas excepcionais.
 
O enólogo da Valduga Jhonatan Marini
 
A vertical foi conduzida pelo enólogo Jhonatan Marini, que apresentou os vinhos das safras 2006, 2008, 2010 e 2011, todos de excelente qualidade. Em linhas gerais, apresentam notas complexas de frutas vermelhas maduras, especiarias, café e chocolate. Em boca confirma deliciosamente esses aromas, com taninos maduros e textura aveludada. Seu conjunto é harmônico e tem final prolongado.
 
 
Um dos ambientes da Casa Valduga
 
O que tornou essa degustação mais especial para a SAV foi que provamos o último exemplar disponível do Storia 2006. O estoque da vinícola zerou.
 
A primeira noite no Vale dos Vinhedos terminou com um belo jantar na Sala das Barricas da Casa Valduga, com pratos gostosos da culinária de cantina italiana. Foram servidos pães com molho de tomate, polenta, capelete com recheio de frango e carne bovina, fusilli com frango assado, tortelli com recheio de zuppa, porco com geleia de pimenta, espaguete com tomate seco e sobremesas.
 
Casa Valduga
Via Trento, 2355
Bento Gonçalves/RS
Fone: (54) 2105-3122
 
Almaúnica
 
Segunda vinícola conhecida pela SAV foi a Almaúnica
 
Pouco conhecida do brasileiro, a Almaúnica foi a segunda vinícola visitada pela SAV. Ela surpreende pela excelente qualidade de seus vinhos e espumantes. A vinícola foi fundada em 2008 pelos irmãos Márcio e Magna Brandeli, sendo uma das mais modernas e bonitas do Vale dos Vinhedos. A força da gravidade é utilizada em todo o seu processo de produção, a fim de evitar o bombeamento do mosto. A sua produção é limitada e não passa de 60 mil garrafas ao ano.
 
Vinhos e espumantes degustados pela SAV na Almaúnica
 
No piso térreo fica a recepção dos visitantes e o varejo, além de uma linda sala de espera com lareira, que estava devidamente acesa para amenizar o forte frio que fazia naquele dia.
 
A linda sala de recepção e loja da vinícola
 
Depois de visitarmos as suas instalações, o grupo da SAV foi à sala de degustação provar os principais rótulos da Almaúnica: os espumantes Cuvée Prestige Brut Rosé Reserva e o Nature Reserva 50% Chardonnay e 50% Pinot Noir; o branco Super Premium Chardonnay 2014; o Pinot Noir Reserva 2014, o Syrah Reserva 2013, o Super Premium Quatro Castas 2013 e o top da casa, o Parcela 2 2012, que ainda estava sem rótulo.
 
A Almaúnica é uma das vinícolas mais modernas de Bento Gonçalves
 
O Parcela 2 safra 2012 é um vinho elegante, elaborado com 85% Merlot e 15% Cabernet Sauvignon. De cor concentrada, tem aromas de frutas maduras. Na boca revela toques de couro, especiarias, chocolate e frutos escuros. Passa 30 meses em barricas de carvalho francês novas.
 
Vinícola Almaúnica
RS 444, Km 17,35, s/n
Vale dos Vinhedos - Bento Gonçalves/RS
Fone: (54) 3459-1384

Comentários

Deixe seu comentário

voltar <