Restaurante Yuru lança menu degustação em jantar para imprensa

Fotos: Rogério Vital (Deguste) e Canindé Soares (cedidas)
Rômulo Mendes, gerente de A&B, Alexander Borges, gerente geral, Rodrigo Terrocci, gerente operacional, e o chef Joca Pontes
 
Inaugurado em setembro de 2016, o restaurante Yuru, que funciona dentro do hotel Golden Tulip, em Ponta Negra, promoveu, na noite dessa quarta-feira, 26, um jantar para a imprensa para apresentar, em primeira mão, seu primeiro menu degustação, que estará à disposição de seus clientes a partir do dia 1º de maio.
 
O menu degustação foi idealizado pelo chef consultor da casa, o pernambucano Joca Pontes, que foi buscar nos produtos regionais a inspiração para apresentar um jantar harmonizado em sete etapas, dividido em duas entradas, três pratos principais e duas sobremesas.
 
Alexander Borges apresentou o chef Joca Pontes aos convidados
 
Antes do início do jantar, o gerente geral do Golden Tulip, Alexander Borges, agradeceu a presença dos convidados e fez a apresentação do chef Joca Pontes, que falou rapidamente sobre o conceito do menu e o que seria servido na noite.
 
 
Ceviche Mahi Mahi
 
Harmonizado com uma flut do espumante francês Henri Leblanc brut, a primeira entrada servida foi o Ceviche Mahi Mahi, feito com lâminas de dourado marinadas no limão com cubinhos de tomate, uvas, pétalas de cebola roxa agridoce e ervas frescas, sobre “ajo blanco” de castanha de caju, palha de batata doce e alho-poró. O sabor levemente cítrico desse prato casou perfeitamente com o frescor do espumante.
 
O Rosbife Arretado deu uma amostra do que ainda viria pela frente, num menu degustação em que os pratos foram apresentados no tamanho “corretíssimo”, deixando os convidados satisfeitos no final, mas sem aquela sensação de desconforto por causa do excesso de comida servida.
 
Rosbife Arretado
 
O rosbife de filé mignon meia-cura, selado na manteiga de garrafa, em finas fatias sobre carpaccio de tomates, mostarda de umbu e macaxeira chips, foi a segunda entrada. Esse prato foi harmonizado com uma taça do vinho chileno Morandé Pionero Rosé Pinot Noir. O sabor aveludado da mostarda de umbu realçou o ponto de cocção da carne, deixando o prato leve e muito saboroso.
 
 
Tropicália foi o nome do primeiro prato principal que Joca Pontes e sua equipe serviram aos jornalistas. Foi um Peixe grelhado sobre tartare de banana, manga e maracujá, arroz castanho, mix de folhas verdes ao vinagrete balsâmico e macaxeira chips. A proposta de harmonização ficou por conta do vinho branco português Meio Queijo, da região do Douro. O toque agridoce do prato fez um contraponto à acidez do vinho, equilibrando o conjunto.
 
Tropicália
 
O Baião Très Chic foi a grande surpresa da noite. Nesse prato, Joca Pontes mostrou por que é um dos chefs expoentes do cenário gastronômico de Recife, onde possui cinco restaurantes, com destaque para o Ponte Nova, de cozinha mais autoral.
 
Baião Très Chic
 
O Baião Très Chic explora, em perfeita harmonia, os sabores da terra e do mar. Ele foi servido com arroz castanho puxado no creme de leite fresco com lascas de carne de sol, tirinhas de acelga, uvas verdes do São Francisco, queijos de coalho, minas padrão e manteiga, coroado com camarões grelhados, farofa Panko e macaxeira chips. Escoltou o prato uma taça de vinho MorandéPionero da leve uva pinotnoir. Foi perfeito!
 
Filé Tradicão
 
A pegada mais regional da noite ficou por conta do último prato, o Filé Tradicão, um filé mignon servido grelhado ao molho do assado, purê de batatas ligado ao mix de queijos de coalho, manteiga e minas, com macaxeira chips. Para ‘encarar’ a força da carne, o vinho escolhido foi o Pumo Primitivo Salento, do sul da Itália. Missão cumprida!
 
Cajou: queijo de manteiga com passa de caju, castanha, mel de engenho e canela
 
O vinho do Porto tinto Van Zellers Tawny acompanhou as duas sobremesas, que encerram o jantar: um Coulis de frutas vermelhas, sorvete de creme, chantilly de cupuaçu e crumble de castanha de caju; e o Cajou: queijo de manteiga com passa de caju, castanha, mel de engenho e canela.
 
Coulis de frutas vermelhas, sorvete de creme, chantilly de cupuaçu e crumble de castanha de caju
 
Para Rômulo Mendes, gerente de Alimentos e Bebidas do Golden Tulip, e responsável pela administração do Yuru, o objetivo desse jantar foi o de apresentar a um grupo de formadores de opinião a gastronomia do restaurante, para que ele passe a ser mais uma opção para as pessoas da cidade. "O Yuru não é exclusivo dos hóspedes do hotel. A nossa proposta é o de inseri-lo no cenário gastronômico de Natal, oferecendo pratos bem elaborados que valorizem os produtos regionais".
 
Vinhos que harmonizaram com o menu degustação
 
O restaurante Yuru funciona para almoço e jantar com o mesmo cardápio. A ideia do menu degustação, segundo Rômulo Mendes, é de servi-lo uma vez por mês, sempre na semana em que o chef Joca Pontes estiver em Natal. 
 
Restaurante Yuru
Av. Eng. Roberto Freire, 4382
Ponta Negra – Natal/RN
Fone: (84) 3646-0100
Instagram: @yurupontanegra

Comentários

Deixe seu comentário

voltar <