Especialista alemão em confeitaria capacita profissionais do Senac em Natal

Fotos: Rogério Vital / Deguste
Desde segunda-feira (11), uma turma de profissionais do Senac ligados à confeitaria está tendo a oportunidade de participar, em Natal, de um curso avançado sobre a temática com o especialista alemão Johannes Dackweiler. O objetivo é formar instrutores na área para que eles repliquem o conhecimento no país.
 
 
O curso faz parte de uma série de ações promovidas por meio de uma parceria entre o Sistema Fecomércio/RN e o estado alemão da Renânia-Palatinado, que visa estimular o turismo e gastronomia local com a troca de conhecimentos mútuo.
 
O grupo de alunos, com 14 integrantes, é formado por profissionais do Senac/RN, Senai/RN e do Senac de outros estados, como Alagoas, Bahia, Ceará, além de Brasília, onde fica a sede do Senac Nacional.
 
Instrutor do Senac/RN, Warison Albino, e o especialista alemão Johannes Dackweiler
 
A confeiteira Camila Fadul, representando o Senac Nacional, é uma das participantes. Ela conta que está adorando o curso, pois com ele vem aprendendo diversas técnicas inéditas na área. Camila ressalta que, embora os procedimentos sejam da confeitaria europeia, é possível adaptá-las para a realidade brasileira, com uso de insumos locais.
 
Participantes do curso estão aprendendo mais de 100 receitas em confeitaria
 
Johannes Dackweiler revela que pelo menos 100 receitas serão ensinadas durante o curso, que vai até a próxima semana, com carga horária total de 80h. No dia 21, está previsto um evento de encerramento para convidados com a apresentação das técnicas e dos produtos finais.
 
 
O Curso Avançado de Confeitaria acontece no Laboratório de Panificação e Confeitaria do Senac, na Cidade Alta, equipamento instalado com recursos da parceria Sistema Fecomércio/RN e o estado alemão da Renânia-Palatinado.
 
“Estamos desenvolvendo várias ações que têm nos proporcionado resultados diferenciados, com a criação de produtos educacionais inovadores para atender às demandas do nosso mercado”, destaca Fernando Virgilio, diretor regional do Senac/RN.

Comentários

Deixe seu comentário

voltar <