Cinco mil pessoas circularam pelo Festival Cultural e Gastronômico da Pipa, no primeiro final de semana

Fotos: Divulgação
Teve fila para provar o milho recheado com "nuvem de Dom Manelito", um tipo de parmesão nordestino artesanal e premiado da fazenda Carnaúba (Laticínios Grupiara). O prato é criação da dupla Warison Albino e Miau Caldas e foi bastante degustado na “Vila dos Chefs”, durante o primeiro final de semana do 13º Festival Cultural e Gastronômico da Pipa. Outra comidinha bastante pedida foi o “Bobó de Camarão ao Palmatório”, receita criada pelo pesquisador Timóteo Domingos, feito com a cactácea da Caatinga. Já o “Cuscuzrry” a base de cuscuz temperado, carne guisada e ceviche de banana combinou com o drink Negroni, servido diretamente de um filtro de barro, no estande da dupla de chefs Angelo Medeiros e Carla Correia. Mais adiante, a pizza de Jonatã Canela (Chef Senac), preparada com queijo "Serra do Pico" e embutidos artesanais, também fez sucesso.
 
Chefs Warison Albino e Miau Caldas criaram um prato com milho que foi bastante elogiado
 
De sexta-feira (22) até domingo (24), em torno de 5 mil pessoas circularam somente no espaço do evento. Nos restaurantes, a movimentação era intensa. De acordo com o produtor André Rockert, isso comprova que aos 13 anos de atividades, o festival está consolidado no roteiro e chegou ao seu formato ideal, em um local acessível e de grande circulação na avenida Baía dos Golfinhos. "Acredito que esta 'Cidade Gastronômica' despertou no público o desejo de descobrir novos sabores, que é a temática desta edição”, disse o produtor.
 
 
Outro lugar concorrido foi o estande das oficinas. Na sexta-feira (22), o público lotou o espaço para acompanhar uma aula interativa sobre a importância nutricional e gastronômica da ostra, iguaria importante para as famílias de marisqueiros da região de Tibau do Sul. A convite do Sebrae e do Festival, os representantes da APROOSTRAS — Associação dos Produtores de Ostras do Rio Grande do Norte, Rafael e Sérgio das Ostras, compartilharam alguns segredos que dominam bem: como escolher, comprar e degustar este marisco nobre, e reconhecer seu frescor e salinidade. Eles também prepararam ostras gratinadas e ao pesto nordestino (com coco e castanha de caju). De sabor mais amendoado, a iguaria já tem até nome de grife — Ostra da Pipa é cultiva da de forma agroecológica na Lagoa de Guaraíras e hoje tem grande potencial na gastronomia da região. Do lado de fora, a fogueira aquecia o Caribéu. O prato de origem indígena, hoje típico das comitivas de peões do Pantanal, é um cozido a base de carne seca, macaxeira (mandioca) e cuscuz temperado, e foi bastante apreciado pelos turistas. Foi a escolha do chef Paulo Machado para o preparo do tacho beneficente. 
 
Sertão e Mar da "Neide" Chef Paulo Machado comandou o "Caribéu"
 
Os preços convidativos de porções pequenas para comer e circular atraíram o consumo de variadas iguarias disponíveis na área do Festival da Pipa. Diversidade não faltou. E na "Vila da Pipa", onde estavam estandes de alguns restaurantes e de pessoas da comunidade, a procura por novos sabores foi enorme. Para a garotada, um parque infantil com três brinquedos infláveis de grande porte e uma barraca de jogos. No centro da arena, um bar de drinks com várias opções de bebidas. Quem resolveu se acomodar na praça, acompanhou as apresentações musicais.
 
Ostras da APROSTRAS foram apresentadas em oficina no festival
 
"Fora do espaço, também tivemos um feedback dos restaurantes. Ainda não temos como mensurar a venda, mas a quantidade de pedidos de pratos que concorrem no Concurso foi bem maior do que nos anos anteriores, e isso prova o interesse dos visitantes na gastronomia promovida pela festival”, destacou Rockert. Para a produção, esta foi a estrutura sonhada, planejada e posta em prática e que teve forte participação da Prefeitura Municipal de Tibau do Sul, através do prefeito Antonio Modesto e da sua secretária de Turismo, Beth Bauchwitz. “Agora vamos aperfeiçoá-la ainda mais para a próxima edição”, comentou o produtor.
 
 
A edição contou com patrocínio do Café São Braz, Sebrae-RN, Hotel Pipa Atlântico, SENAC/Fecomércio, Gourmet Expert powered by Portulogia, Goma Sinhá Maria/ Primícias do Brasil, CTSI e Makro. A realização é do Festival da Pipa e ong Educapipa e co-realização do Governo Cidadão via Banco Mundial, através da Setur – Secretaria Estadual de Turismo e Governo do RN e da Prefeitura de Tibau do Sul. 
 
Barista Wagner, em sua apresentação durante o primeiro final de semama do Festival Gastronômico da Pipa 2017
 
OFICINA COM EMOÇÃO E COMPARTILHAMENTO DE HISTÓRIAS
 
No sábado (23), a emoção tomou conta do espaço durante a oficina "A Vida e Seus Sabores". Criada para homenagear o fundador do festival, Claudio Freitas, que está em recuperação após ter sofrido um AVC, a oficina reuniu familiares e pacientes, que juntos compartilham experiências de recuperação e aprendizado, enquanto o chef Eugênio Cantídio preparava um "nhoque de macaxeira com molho de cogumelo". O próprio Claudio Freitas participou da oficina e até colocou a "mão na massa".
 
Cláudio Freitas, um dos idealizadores do festival, ganhou homenagem
 
A jornalista Vânia Marinho foi uma das participantes da oficina. Na companhia dos dois filhos, ela relatou sua experiência. "Passar por um AVC não é fácil, ainda mais hemorrágico como foi o meu caso. Sempre fui saudável, mas aconteceu. Quando soube que Cláudio também passou por isso eu fiz questão de ligar para saber se estava tudo bem, pois sei da importância do apoio dos amigos e família nesse processo", disse ela.
 
 
Assessora de Comunicação do Sebrae-RN, a jornalista Célia Freire enfrentou o AVC anos atrás e sabe como é necessário paciência e terapias alternativas para vencer as sequelas. "Quando tive meu AVC foi bem difícil. Era horrível depender dos outros para tudo. Diariamente, pequenas coisas são grandes conquistas. Momentos como esses são muito importantes para nos dar força e apoio na recuperação das sequelas".
 
O pescador José Caetano dividiu o quarto com Cláudio no Hospital Sarah Kubitscheck, em Brasília, e relatou as dificuldades que enfrentou: "É ainda é uma grande luta pra mim. Imaginem eu que sou pescador, subia em barco e navegava no mar todos os dias". Caetano ficou feliz por compartilhar sua história e participar de uma oficina gastronômica.
 
Chefs Priscila Gois e Felipe Caran prepararam um jantar especial no Festim
 
FESTIM
 
No dia de abertura do Festival, sexta-feira (22), houve o primeiro dos dois Festim previstos no evento. Os chefs Priscilla Gois e Felipe Caran comandaram um jantar especial no Restaurante Oca Toca, da belíssima Pousada Toca da Coruja. O segundo Festim vai ocorrer na sexta-feira, 29, sob comandos dos chefs Paulo Machado e Carla Correia.
 
   
 
VOTAÇÃO CONTINUA NOS RESTAURANTES
 
A programação do Festival da Pipa vai além da arena e integra quase todos os estabelecimentos do circuito praiano através do Concurso Gastronômico. Na porta ou fachada de pousadas, restaurantes, lanchonetes, bistrôs e cafés, pode-se conferir a indicação do prato concorrente, em um banner. Nas mesas, tem um prisma de papelão onde consta o código do prato concorrente. Se o cliente apreciou o prato, poderá votar usando o leitor de QRCode no próprio smartphone. De acordo com a produção do evento, a tecnologia ajudou a dar transparência e agilidade na votação. Mas quem não conseguiu votar pelo celular, poderá acessar o www.festivaldapipa.com.br/ votacao/  e dar seu voto. O encerramento é sábado, dia 30.
 
CONCURSO "NOVOS TALENTOS" COMEÇA NESTA SEGUNDA-FEIRA (25)
         
A semana na Pipa tem início com o concurso Novos Talentos. São 12 duplas de chefs que concorrem nas categorias “Melhor Petisco”, “Prato Principal”, “Entrada” e “Melhor Sobremesa”. O tema deste ano é “Tapioca (Goma), a descoberta do sabor no Nordeste”.
 
PROGRAMAÇÃO
 
25/09 - SEGUNDA-FEIRA – Concurso Novos Talentos – Entradas
18:00 – “Pão, Porco e PANC´s “ - Luiz Felipe Araújo e Neto Bernardino Gomes Neto
19:00 – “Gingado da Redinha” -  Daniel Medeiros e Tadeu Rena Valente
20:00 - “Embrulhado de Tapioca Cremosa” - Jhonata Coelho Silva e Rodrigo José Martins
21:00 - “Surpresa Nordestina” - Shirley Bezerra Alves e Sammyr Balbino da Costa Oliveira
23:00 – Premiação
 
26/09 - TERÇA-FEIRA - Concurso Novos Talentos – Prato Principal
18:00 – “Rainha Branca das Feiras, com Cordeiro de Sol ao Molho da Terra” - Paulo José Silva Barbosa e João Alves da Costa Filho
19:00 – “Mistura de Ginga” - Luiz Felipe Araújo e Neto Bernardino Gomes Neto
20:00 – “Cordeiro Engomado” - Simone Grazyelle e Marcílio Cavalcante
21:00 - “Tabatinga” - Rayanne da Silva Araújo e Raquel Costa Lins do Amaral
23:00 – Premiação
 
27/09 – QUARTA-FEIRA - Concurso Novos Talentos - Sobremesa
18:00  – “Jardim de “MANI”” - Alexandre Daher Ferreira Sales e Cely dos Santos Correa
19:00  –  “MANI’ - Jefferson Mikael Gomes da Cruz
20:00 – “Navegos” - Augusto Cesino Monteiro de Medeiros Neto e Thaline Rayane Reinaldo da Silva
21:00 – “Os Sete Pecados Originais” -  Reynaldo Gorgonha Neves Junior e Eloysa Larissa de Souza Freitas
23:00 – Premiação
 
 
28/09 - QUINTA-FEIRA
18:30 –  Help da Pipa Convida: A cozinheira famosa pelas cocadas e quitutes recebe um convidado 
20:00 – "Uma Porção de Sucesso" com o Chef Betão Barbosa
21:30 –  Concurso do Melhor feijão da Pipa
 
29/09 - SEXTA-FEIRA
18:30 –  Descobrindo Sabores com SENAC RN
20:30 –  SEBRAE apresenta queijos artesanais do Seridó
21:30 –  Pães Artesanais com a gastróloga e padeira - Chef Luise Medeiros
 
FESTIM - No Hotel Ponta do Madeiro
 
30/09 – SÁBADO
18:30 – Novos sabores da cozinha regional com o Chef Cumpade João
20:00 – Nossa tribo, nossos valores, nossa comida - Chef Kalymaracaya Mendes – Primeira indígena chef do Brasil
21:30 – Encerramento
 
Vila dos Chefs - Comidinhas preparadas no local para degustar
Carla Correia (Masterchef Brasil) e Angelo Medeiros (Chef Senac)                      
Warison Albino (Senac) e Miau Caldas                        
Jonatã Canela  (Chef Senac)                       
Timoteo Domingos (Gastrotinga)                       
Felipe Araújo                       
Mariana Assayag

Comentários

Deixe seu comentário

voltar <