Chef Adriana Lucena cria seleção de produtos artesanais

Fotos: Rogério Vital / Deguste
Queijos, doces, linguiças... tudo artesanal e elaborado por pequenos produtores que prezam pela qualidade do insumo e valorizam cada processo de produção. Esses itens têm cada vez mais um público cativo e podem chegar até a mesa do natalense com a indicação de quem entende bem do assunto, a chef Adriana Lucena, uma grande entusiasta dos alimentos artesanais.
 
A cozinheira lançou, em dezembro, um serviço chamado "Seleção Adriana Lucena", no qual ela faz a escolha de produtos artesanais que considera de alta qualidade.
 
Pelo seu interesse no assunto, Adriana possui uma vasta rede de contatos pelo Brasil afora, que lhe proporciona o acesso a esses itens.
 
A "Seleção Adriana Lucena" contém três ou cinco produtos – um deles sempre é um queijo. A relação do cliente com a chef é de confiança. Adriana faz a própria escolha, de acordo com a disponibilidade.
 
Adriana pesquisou comidas de todo o Brasil e criou uma seleção especial para os seus clientes
 
À reportagem, foram apresentados alguns dos produtos que a chef pode selecionar - por exemplo: cafés especiais, geleias, queijos variados, doces, presunto e linguiças supercuradas, além de um chutney de manga, que a própria Adriana produz.
 
Um doce de leite de ovelha chamou a atenção. "Foi o melhor doce que comi na vida", elogiou Adriana Lucena, ao falar do produto. Os pedidos são atendidos via telefone, no número (84) 98714-6884, e os interessados também podem conferir, no Instagram (@SelecaoAdrianaLucena), os produtos artesanais que a chef oferece.
 
Além da seleção, Adriana Lucena está com um serviço de degustação guiada. A chef monta uma tábua com queijos e outros itens e vai até a casa do cliente para falar sobre eles.
 
Do Direito para a gastronomia
 
Adriana Lucena entrou no mundo gastronômico há 15 anos. Até então militava no Direito, como professora universitária. Largou tudo para seguir carreira na cozinha. Mas sua relação com a gastronomia vem de berço. Seu avô foi dono de bar em Natal no período da Segunda Guerra Mundial. E cozinhava, algo incomum para a época.
 
O início da trajetória de Adriana Lucena na gastronomia foi em Jandaíra, no interior potiguar, onde cozinhou em fogão a lenha em uma casinha de taipa. Ela diz que tem muito apreço pela chamada cozinha de resgate.
 
De volta para Natal, a chef comandou o Taiá Bistrô, em Pium. Lá, ela cozinhava menus confiança, utilizando técnicas modernas em ingredientes de várias partes do mundo e com frescor. Pesquisadora, ministra palestras em eventos gastronômicos.
 
Seleção Adriana Lucena
Fone: (84) 98714-6884
Instagram: @SelecaoAdrianaLucena

Comentários

Deixe seu comentário

voltar <